Páginas

14.10.13

Agenda sindical - na base conversando com bancári@s


Nesta segunda-feira (14) saí logo cedo de casa para visitar algumas agências e conversar com os bancári@s de minha região (Osasco). Juntamente com o companheiro Rubens Neves, diretor do Sindicato pelo Bradesco, fomos às agências do BB República do Líbano, Empresarial Osasco e Osasco Centro.

Tiramos várias dúvidas sobre as propostas e conquistas aprovadas pela categoria.

Ao voltar para a regional do Sindicato atendi a uma colega do BB com problemas no local de trabalho. O Sindicato vai acompanhar o caso dela com o nosso departamento jurídico.

Depois tivemos outro problema pra resolver. A greve mal acabou e já tive que lidar com problemas de assédio e prática antissindical do bb com trabalhadores que participaram da greve e contribuíram para as conquistas em um importante departamento aqui em SP.

Amanhã, vamos tentar resolver por bem. Caso alguns maus gestores não se reposicionem, vamos resolver do nosso jeito.


LUTO E PESAR

É de uma tristeza tão grande perder companheir@s que lutam ao nosso lado contra o capital e seus lacaios, mesmo quando não lhes conhecemos pessoalmente. Estou muito triste com o acidente ocorrido no Amapá, onde algumas vítimas são militantes e dirigentes sindicais. A vida segue amanhã e sempre pra nós que estamos na luta, mas fica a minha solidariedade para cada família das vítimas.


Presidenta da CUT AP está entre desaparecidos do naufrágio em procissão

Crédito: Rede Brasil Atual
Rede Brasil AtualA Central Única dos Trabalhadores está de luto. Perdemos companheiros, companheiras e seus familiares que estavam no barco que naufragou no sábado (12) em Macapá, capital do Amapá.

A embarcação participava da procissão do Círio Fluvial, romaria que antecede as comemorações do Círio de Nazaré, e levava diversos sindicalistas do Sindsep - Sindicato dos Servidores Federais e da CUT Amapá, quando naufragou na orla de Macapá, próximo ao Farol da Praticagem.

Os dirigentes da CUT Nacional Rogério Pantoja (diretor executivo) e Carmen Foro (vice-presidente) continuam no local apurando informações e prestando solidariedade às vítimas e aos seus familiares.

Até o momento foram confirmadas 14 mortes, dentre elas a de Elizabeth Mourão Moraes, da Executiva da CUT-AP e do Sindsep-AP. Seu corpo está sendo transferido para o Maranhão, estado local da dirigente. 

Vitor Gregório de Passos Nunes, de 9 anos, filho do companheiro Nunes, esposo de Odete Gomes, também está entre as vítimas fatais. O corpo do secretário de Administração do Sindsep-AP, Raimundo dos Santos Cardoso, foi encontrado nesta manhã.

Ainda estão desaparecidas quatro pessoas, incluindo a presidente da CUT no estado, Odete Gomes, e familiares de funcionários do próprio Sindicato.

As buscas prosseguem. Oito equipes do Corpo de Bombeiros estão rodando o rio numa margem de 10 quilômetros. Pela manhã uma aeronave chegou ao local para dar o suporte aéreo. 

Vale destacar que a embarcação foi vistoriada pela Capitania dos Portos do Amapá, ligada à Marinha, antes de partir para o evento, quando se constatou a regularidade da documentação, dos itens de segurança e de navegação dentro do limite de sua capacidade. A Capitania também informou que as causas do acidente serão apuradas.

Todo nosso apoio e solidariedade aos/as companheiros/as CUTistas do Amapá.

O site da CUT Nacional estará acompanhando e atualizando as informações ao longo do dia.


Fonte: CUT



Post Scriptum:

No dia anterior, havia escrito no Facebook:

FORMAÇÃO POLÍTICA: terminada a nossa batalha pela renovação dos direitos coletivos dos bancários, é importante retomarmos a discussão e formação política de nossos trabalhadores nos locais de trabalho. O mundo passa por grave crise de valores e eu acredito na formação sindical em cada local de trabalho para conscientizar a classe trabalhadora contra o avanço dos fascismos e das posições de extrema direita no Brasil e no mundo.

Nenhum comentário: