Páginas

18.6.15

Banco do Brasil lança Programa de Aposentadoria Incentivada (Seeb Brasília)



(reprodução de matéria)




O Banco do Brasil divulgou nesta quarta-feira (17)  o lançamento do Programa de Aposentadoria Incentivada (PAI) 2015, que pode atingir 7.100 bancários.

Segundo o BB, o público-alvo do programa são funcionários que em 19 de maio deste ano estavam em condições de solicitar aposentadoria pelo INSS (e os que já estavam aposentados pelo INSS) ou que tenham completado 50 anos de idade e 15 de empresa. Os interessados devem manifestar interesse entre os dias 22 de junho e 10 de julho deste ano. Os requerimentos serão classificados de acordo com data e horário de recebimento. O trabalhador poderá desistir, bastando para isso fazer o registro no sistema. Caso tenha novamente interesse em participar, poderá fazê-lo, mas receberá uma nova classificação.

Os bancários que não tiverem interesse em se desligar continuarão suas atividades normalmente na instituição.

Quem aderir ao programa receberá indenização no valor de 5 salários-base, ou seja, o Valor de Referência (VR) ou a soma das verbas PAI 2015, o que for maior, além de um prêmio em pecúnia por tempo de serviço que varia de 2,04 a 2,27 salários-base (veja tabela). O cálculo das indenizações será feito com base na remuneração do cargo efetivo do bancário na data de 19 de maio de 2015, considerado eventual valor recebido a título de VCP.

De acordo com comunicado do BB, a adesão não significa que o bancário poderá desligar-se pelo plano. Isso porque o desligamento daqueles classificados em posição superior ao limite de 7.100 trabalhadores estabelecidos pelo Banco será efetivado apenas se houver desistência de outro funcionário classificado dentro do número fixado.

Vale destacar que o funcionário deverá consultar a Cassi e a Previ acerca das opções existentes para manutenção da assistência médica e permanência no Plano de Benefícios.

Avaliação e orientações do sindicato (de Brasília)

O PAI está sendo analisado pelo Sindicato e a diretoria já iniciou os debates para deliberar sobre o  posicionamento da entidade e publicação de nota de esclarecimento e orientações aos trabalhadores, o que deve ser feito até esta sexta-feira (19). Também foi solicitado ao escritório LBS parecer jurídico sobre o plano, a partir da análise do regulamento divulgado. 

Da Redação Sindicato dos Bancários de Brasília

2 comentários:

Anônimo disse...

E como fica a situação de funcionários que reuniam as condições para adesão ao plano, mas deixaram o Banco recentemente (março, abril, maio, por exemplo)?

William Mendes disse...

Olá colega,

É importante consultar o banco (formalmente) e o sindicato, mas pelo que li o programa do banco tem pontos de cortes definidos para tudo: data em que deveria atender às condições definidas por ele, data para manifestar interesse, data para fechar adesão, data para apresentar documentos etc.

Abraços,