Páginas

7.11.16

Opinião e agenda do Diretor de Saúde da Cassi


Diretor de Saúde da Cassi em Conferência de Saúde da Cassi Pará.

Olá companheir@s, amig@s e colegas do Banco do Brasil,

Iniciamos a semana de trabalho no mesmo ritmo de sempre, ou seja, de muitas horas de dedicação à nossa Caixa de Assistência. Estamos encerrando o dia de leituras e estudos aqui na sede da Cassi em Brasília (21:30h).

Além do estudo da pauta da reunião de Diretoria Executiva, estamos finalizando a confecção de mais um boletim da Diretoria de Saúde e Rede de Atendimento.

A Cassi e o patrocinador Banco do Brasil estão trabalhando para finalizar as tratativas necessárias para encaminhar ao Corpo Social consulta sobre a proposta apresentada para a questão do déficit do Plano de Associados. 

Tenho expressado a minha opinião sobre a proposta como um dos eleitos pelo associados. Entendo que houve avanços entre a primeira proposta feita pelo BB ainda no âmbito da Cassi, através de seus indicados, e esta terceira proposta, onde o patrocinador assume também compromissos financeiros para a solução do déficit.

Ler textos a respeito AQUI (do dia 01/9/16) e AQUI (do dia 31/10/16). 

Respeito as opiniões das lideranças e forças políticas contrárias à proposta, mas é necessário termos a nossa Cassi na normalidade administrativa para seguirmos lutando por nossos direitos em saúde. 

Já apresentei meus votos sobre o tema nas deliberações internas de governança da entidade e publicizei o que entendemos ser o melhor para a Cassi e os associados. Penso que devemos aprovar a proposta que traz receitas extraordinárias de cerca de 40 milhões por parte dos patrocinadores BB (23 milhões) e associados (17 milhões) até dezembro de 2019. 

Defendo que além da contratação de consultoria para avaliar e propor melhorias nos processos de gestão da entidade, é fundamental que a Cassi, através da Diretoria de Saúde e Rede de Atendimento, possa atuar no sentido de avançar no atendimento de mais participantes dentro do Modelo de Atenção Integral à Saúde e Estratégia Saúde da Família (ESF), ampliando sua estrutura de atendimento própria já a partir de 2017. Detalhei a proposição internamente em voto.


Nossos compromissos com o Modelo Assistencial da Cassi; com a promoção de saúde e prevenção de doenças junto aos trabalhadores da ativa; de lutar pela manutenção da solidariedade e direitos dos associados; de fortalecer a participação social e relação com as bases assistidas pela Cassi; e de buscar apoio de todos, inclusive do BB neste mandato estão sendo seguidos rigorosamente


Estou avaliando todo o trabalho já realizado por nós desde que chegamos eleitos à gestão da Cassi em junho de 2014. Ao revisitar as postagens do nosso blog de prestação de contas, percebemos que estamos cumprindo fielmente o que nos propusemos a fazer quando nos apresentamos às bases sociais da comunidade Banco do Brasil.

Revisitei os meses de junho e julho de 2014 e com dois meses de trabalho, estivemos naquele período nos Conselhos de Usuários da Cassi no DF e no RS; Visitamos as bases do PR, SP, DF, RS e fomos aos sindicados daquelas capitais; lançamos um boletim para prestar contas do mandato e falar sobre Cassi, autogestão, modelos de sistema de saúde e questões afetas e distribuímos nas bases de SP e DF; fiz artigos sobre idosos, sobre solidariedade de classe e demos entrevista para entidades de aposentados sobre a Cassi.

Foi interessante perceber que continuo atuando da mesma forma que iniciei os dois primeiros meses de trabalho na Cassi, com muito estudo, defesa dos associados e da Cassi e fortalecendo a participação social estando junto às bases.

Na semana passada, completei minha participação em 32 Conferências de Saúde da Cassi e dos Conselhos de Usuários, sendo a maior parte delas realizada sem recursos disponibilizados pela Caixa de Assistência. Fizemos com a força de vontade e com o apoio de entidades parceiras, além de utilizar recursos próprios.

Vamos publicar nesta semana o 28º boletim Prestando Contas Cassi, sempre trazendo informações de qualidade a respeito da nossa Caixa de Assistência e da área de saúde onde estamos inseridos.

É isso! Nosso trabalho de produção textual também tem um objetivo formativo, além da necessidade que tenho de informar os trabalhadores. Dá trabalho, mas acredito na importância de registrar o que fazemos em nome daqueles que nos elegeram para representá-los. E compartilhar conhecimento é multiplicá-lo.

Abraços,

William Mendes
Diretor de Saúde e Rede de Atendimento (mandato 2014/18)

2 comentários:

Hermínio Sobrinho disse...

PARABÉNS pelo seu trabalho. Sou testemunha de sua dedicação e compromisso com a CASSI e seus associados. Juntos encontraremos os caminhos e alternativas à sustentabilidade da nossa Cassi. Abraços.

William Mendes disse...

Grande Hermínio!

Eu agradeço o reconhecimento e cada vez que uma liderança combativa como você nos apoia, a gente respira fundo e ganha novo fôlego para fazer o bom combate.

Me esforço para ter certeza de que durante a nossa vez na gestão da querida Caixa de Assistência, fizemos tudo que estava ao nosso alcance pela defesa dos associados e da Cassi que deve fazer promoção de saúde e prevenção de doenças, sendo sempre solidária para todos.

Forte e fraterno abraço! Estamos na luta!

William