Páginas

16.6.16

Cassi acerta parcerias com o BB em SP em defesa da promoção de saúde



Tivemos a oportunidade de falar sobre a Cassi e o Modelo Assistencial
para os gestores do Banco do Brasil em São Paulo, Disap, e para a Diref.
Foto: Maurício, do Seeb SP.

Olá companheir@s, amig@s e colegas do Banco do Brasil,

Tivemos uma agenda muito positiva nesta quarta-feira 15 em São Paulo, Capital. 

Nosso compromisso de trabalho foi mais uma etapa do planejamento da Diretoria de Saúde e Rede de Atendimento da Cassi para o ano de 2016, no qual já estivemos em 10 oportunidades - 9 Estados e o DF - fechando parcerias com Superintendências e Gepes do Banco do Brasil para atuarmos em conjunto em prol da promoção de saúde e melhor divulgação sobre a Cassi. Nestas agendas de parcerias estamos envolvendo os sindicatos de bancários locais também.

Como representante eleito pelo Corpo Social, somos responsáveis por uma das áreas de importância central em nossa Caixa de Assistência porque é a diretoria que cuida da implantação do Modelo de Atenção Integral à Saúde e pela Estratégia Saúde da Família ESF), que na Cassi se dá a partir de unidade próprias de atendimento em saúde, as CliniCassi. Atualmente temos instaladas 65 CliniCassi, distribuídas nas capitais e em determinadas regiões definidas pela Cassi desde o início da implantação do modelo.

Nós também somos responsáveis pela gestão das 27 Unidades Administrativas da Cassi nos Estados e no Distrito Federal.

Ao final da tarde do mesmo dia, também tivemos a oportunidade de estarmos presentes na reunião mensal do Conselho de Usuários da Cassi SP.


Cassi e Banco do Brasil atuando na promoção de saúde e informando melhor os associados

O Estado de São Paulo tem uma população assistida pela Cassi de cerca de 120 mil pessoas, sendo quase 80 mil participantes do Plano de Associados. A grandeza dos números no Estado impressionam em qualquer quesito. O BB também abriga números respeitáveis no setor onde atua e lidera. Tem uma diretoria de distribuição de rede específica para São Paulo, a Disap. Contém várias Superintendências e Gepes. O Estado tem mais de trinta bases sindicais distintas e centenas de dependências do banco.

O Modelo Assistencial da Cassi de Estratégia Saúde da Família (ESF) está em funcionamento com 14 Unidades de Atendimento CliniCassi, distribuídas na Capital e interior do Estado, unidades próprias que coordenam os cuidados e acompanhamento de mais de 30 mil participantes já cadastrados no modelo.

O objetivo da Caixa de Assistência, assim que o Modelo de Atenção Integral à Saúde estiver todo implantado, é a Cassi obter censo demográfico e mapa epidemiológico de toda a sua população assistida, para definir os programas e linhas de cuidado adequadas à população que acompanha e para ter uma rede credenciada e parceira que atenda os mapas populacionais que cuida, de acordo com cada região. Esta é nossa expectativa como Diretor responsável pela saúde dos participantes da Caixa de Assistência.

A reunião foi muito profícua e traz boas perspectivas. Cito abaixo alguns dos trabalhos conjuntos a serem desenvolvidos em São Paulo:

- comunicação periódica nos canais do Banco para a rede de dependências no Estado abordando a Estratégia Saúde da Família (ESF);

- explicar o papel das unidade próprias de atendimento da Cassi, as CliniCassi, onde elas já estão instaladas e adequar as expectativas na utilização delas, esclarecendo que tipos de atendimentos e procedimentos se realizam nelas;

- acompanhamento conjunto entre Banco e Cassi no Estado para o Exame Periódico de Saúde (EPS) bem como atendimento de saúde em geral, com monitoramento e troca de informações sobre a qualidade dos serviços, tanto das CliniCassi quanto da Rede Credenciada;

- abordar as perspectivas positivas para a Comunidade Banco do Brasil, a Cassi e os associados ao instituir uma rotina permanente de comunicação sobre a própria Cassi e o tema promoção de saúde e prevenção de doenças, principalmente para os funcionários da ativa

- parceria do Banco do Brasil para prospectar e manter rede credenciada em regiões de maior carência em algumas especialidades médicas para atendimento, semelhante ao conceito que Cassi e Conselhos de Usuários já realizam em alguns estados como, por exemplo, RS e agora PR;

- apoio do Banco do Brasil na conscientização dos funcionários da ativa e aposentados sobre a utilização da Caixa de Assistência;

- vamos organizar juntos Cassi, Banco do Brasil e entidades representativas alguns eventos até o final de 2016, em finais de semana e com carácter voluntário, atividades de lazer, lúdicas e com apoio das AABBs e Ecoas para envolvimento e conscientização sobre a temática da promoção de saúde no Estado de SP.

Enfim, o patrocinador Banco do Brasil pode ser um parceiro estratégico para se criar uma cultura de promoção de saúde num universo de população assistida que estará na Cassi por décadas, gerando com isso uma perspectiva melhor de resultados tanto na condição de saúde desta população quanto no uso mais racional dos recursos dos planos, principalmente o Plano de Associados, cuja receita operacional é menos flexível para reajustes do que os planos de saúde de mercado, que atuam no repasse anual da sinistralidade dos planos para as mensalidades.


Diretor de Saúde participa de reunião do Conselho de Usuários da Cassi SP


Participamos mais uma vez da reunião do Conselho de Usuários da Cassi SP.
Para nós que representamos os associados, é sempre momento ímpar estar
com os conselheiros, que realizam um trabalho
voluntário fantástico para a coletividade.

Após a reunião com o Banco do Brasil, pudemos participar da reunião mensal dos conselheir@s de usuários de São Paulo.

Além de nos colocarmos à disposição para responder perguntas e contribuir com informações e reflexões a respeito da Cassi e do setor saúde, nos foi dada a palavra e pudemos prestar contas do trabalho que estamos realizando na Diretoria de Saúde e Rede de Atendimento de nossa entidade e das estratégias que estamos encaminhando para fortalecer o Modelo de Atenção integral à Saúde e as parcerias que estamos buscando construir para dar mais empoderamento a toda a Comunidade Banco do Brasil, que contém o universo de associados da Cassi.

Foi uma agenda muito positiva e terminamos o dia felizes por encontrarmos portas abertas para a luta coletiva que empreendemos em defesa de nossa Cassi e da saúde de nossos participantes.

Deixo o nosso agradecimento ao Banco, às diversas representações dos associados que estiveram conosco, incluindo o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e região que patrocinou nossa vinda a SP e aos funcionários da Cassi que são nosso suporte e nossa riqueza.

Abraços,

William Mendes
Diretor de Saúde e Rede de Atendimento (eleito)

Nenhum comentário: