Páginas

16.5.16

Agenda de gestão do Diretor de Saúde da Cassi



Post Scriptum (sexta, 20/5/16, às 22:40h):

Sexta-feira bonita na Capital Federal. Estou em casa... Não, não estava descansando ainda.

Como a pauta da próxima reunião de Diretoria Executiva é grande, estava trabalhando na leitura dela. Fiz o estudo de 1/3 da pauta e agora faltam 2/3.

Mas chega e vamos descansar.

Abraços,

William Mendes
Diretor de Saúde e Rede de Atendimento (eleito)



Encerrando os trabalhos do dia na sede da Cassi (DF).

Post Scriptum (quinta, 19/5, 20h na Cassi Sede):

Olá companheir@s, amig@s e colegas do BB,

Nossa agenda de trabalho aqui em Brasília nesta semana tem sido bem intensa e com jornadas de manhã, tarde e noite (como sempre).

Na terça, publicamos o nosso artigo da semana abordando a Sustentabilidade da Cassi. Leia AQUI. A reunião da diretoria só acabou de noite naquele dia.

Na quarta, trabalhamos na sede durante o dia e almoçamos com os Conselheiros Fiscais eleitos, alguns companheir@s estão se despedindo da gestão - Sr. Maia, Carminha, Cláudio e Eduardo Marinho - e publicamente deixo aqui o agradecimento pelo trabalho realizado nestes quatro anos em nome dos associados.

Ainda na quarta, visitamos à noite o Sindicato dos Bancários de Brasília, para estreitar as parcerias necessárias da Cassi com as entidades representativas do associados da ativa e aposentados.

Nesta quinta, começamos o dia participando pela manhã de um encontro de representações de entidades do setor público e estatais, que debateu as ameaças aos trabalhadores dessas empresas com a atual situação politica do país. Tenho alertado aos bancários do BB e associados que representamos sobre os riscos reais de retrocessos em todos os nossos direitos conquistados em décadas de lutas.

Na parte da tarde, estivemos na sede e nos reunimos com o Conselho Fiscal da Cassi.

Estamos encerrando os trabalhos agora depois das 20 horas.

Abraços a tod@s os meus pares da classe trabalhadora.

William Mendes



Fim de dia na Cassi sede (DF).

Olá companheir@s, amig@s e colegas do Banco do Brasil,

Segunda-feira é um dia de trabalho em três jornadas: manhã, tarde e noite. É o dia de leitura de pauta ou de concluir leitura de pauta para a reunião de Diretoria Executiva, que ocorre todas as terças.

Ainda não terminei a leitura de todas as súmulas porque desde que a Cassi entrou em regime de orçamento contingenciado no início do ano passado, o número de documentos a serem avaliados pela governança cresceu expressivamente. 

Enfim, a direção de nossa entidade está fazendo o melhor possível para superar esse momento, eu diria que tanto a parte eleita quanto a parte indicada pelo patrocinador BB. É fato que a crise no setor de saúde e na economia brasileira afetam sobremaneira o nosso dia a dia porque parte importante dos problemas são oriundos do setor em si e não especificamente de origem em nossa entidade de saúde dos trabalhadores.

Estou produzindo também nesta segunda-feira o meu artigo de opinião da semana, abordando questões relativas ao déficit no plano de saúde dos funcionários, o Plano de Associados. Nas conferências de saúde da Cassi e dos Conselhos de Usuários temos apresentado em palestras um pouco deste histórico. Neste ano de 2016 vamos percorrer 10 Estados com a apresentação que fazemos para os associados nas conferências sobre os estudos que realizamos a respeito de nossa Caixa de Assistência, sob a ótica da Diretoria de Saúde e Rede de Atendimento.

Aliás, realizamos as duas primeiras conferências de saúde deste ano nas cidades de Teresina (PI) e João Pessoa (PB) na quinta e sexta-feira passadas. Mais uma vez agradecemos muito o envolvimento de nossos funcionários e das entidades representativas que nos apoiaram, inclusive, com recursos financeiros e logísticos.

Esta semana de trabalho será aqui na sede da Cassi em Brasília. Teremos a reunião mensal do Conselho Fiscal e outras reuniões de trabalho tanto internas quanto externas em defesa da nossa Caixa de Assistência, dos associados que representamos e dos direitos em saúde.

É importante lembrar a tod@s que desde o dia 11/5 estamos vivendo em estado de exceção em nosso país. O governo eleito pelo povo está afastado e um interino assumiu o poder. Os trabalhadores estão sob forte ameaça em seus direitos sociais, políticos e civis.

Eu peço e conclamo a todos os segmentos de associados da Cassi e representações que, na medida do possível, deixem de lado as divergências políticas e disputas pessoais (algumas sei que são irreconciliáveis) e busquem construir uma unidade no campo progressista em defesa dos nossos bancos públicos, dos nossos direitos trabalhistas, previdenciários, em saúde e de nossas entidades de saúde e previdência porque o que vem por aí é uma pauta de redução de direitos históricos dos trabalhadores.

Nesta terça publico o artigo da semana abordando a sustentabilidade da Cassi e a origem do déficit.

Abraços aos meus pares da classe trabalhadora.

William Mendes
Diretor de Saúde e Rede de Atendimento (eleito)

Nenhum comentário: