Páginas

30.4.16

Cassi acerta parcerias em defesa da saúde em Alagoas



Reunião entre Cassi, Super, Gepes e Sindicato define parcerias
 em defesa da Cassi e da promoção de saúde em Alagoas.

Olá companheir@s, amig@s e colegas do Banco do Brasil,

Completamos nossa agenda de trabalho pela Diretoria de Saúde e Rede de Atendimento da Cassi em Maceió, Alagoas. Avaliamos que as parcerias que fechamos com o Banco do Brasil e o Sindicato dos Bancários no Estado e as reuniões que tivemos nestes dois dias foram muito positivas em benefício da Cassi e dos associados.

Na quinta-feira 28, eu e nossa Unidade Cassi Alagoas nos reunimos com a Superintendência e a Gepes do Banco do Brasil e com o Sindicato dos Bancários para construir uma agenda de trabalho em comum em defesa da promoção da saúde e prevenção de doenças de nossos bancários nas unidades de trabalho, bem como em prol de melhorias na comunicação local sobre o modelo assistencial de Atenção Integral à Saúde e Estratégia Saúde da Família (ESF).

A nossa Unidade Cassi vai fornecer informações relevantes em saúde, com regularidade e periodicidade, sobre questões locais como, por exemplo, campanhas de saúde, como se organiza a ESF em Maceió, quais os serviços prestados pela Unidade Cassi e pela CliniCassi Maceió e parcerias equivalentes. Tanto o Banco vai disponibilizar nos seus veículos internos de comunicação quanto o Sindicato em seus meios comunicativos. A Cassi vai ampliar sua participação em eventos que reúnam bancários em Alagoas para ter a oportunidade de abordar o tema saúde e a Estratégia Saúde da Família.

A Cassi é a Caixa de Assistência dos funcionários, temos 100 mil trabalhadores na ativa em todo o Brasil e a ampla maioria deles tem pouco tempo de empresa, ou seja, nós Cassi e Banco temos que dar as informações necessárias para que essa população assistida hoje e que será cuidada pela Cassi nas próximas 5 ou 6 décadas conheça como a Cassi funciona, tenha expectativas adequadas sobre a entidade de saúde, seus direitos e deveres, e saiba das dificuldades que a Cassi encontra por estar inserida num mercado com grandes problemas estruturais e conjunturais. Todos ganharão com essa formação em saúde por dar melhor perspectiva de pertencimento à Caixa de Assistência, a maior autogestão em saúde com 72 anos de existência.


Além das informações nos veículos de comunicação do Banco, também abordamos temas como o cronograma do Exame Periódico de Saúde (EPS) no Estado de Alagoas (a Cassi é contratada pelo Banco para prestar esse serviço de saúde). Ouvimos as demandas das lideranças locais em relação à Cassi e nos comprometemos em atuar na defesa daquilo que entendemos ser viável para a Cassi em Alagoas.

Agradeço em nome da Cassi a recepção que tivemos por parte do Banco e do Sindicato dos Bancários.

Esta agenda de visita aos Estados está no planejamento da Diretoria de Saúde e já estreitamos parcerias neste início de ano em São Paulo, Amapá, Rondônia, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Distrito Federal, Maranhão, Bahia e agora Alagoas. Além de ser compromisso nosso fortalecer a participação social e o modelo de saúde da Cassi, fazemos o mandato muito focado em ouvir as lideranças e formadores de opinião desta grande comunidade Banco do Brasil. Entendemos que a melhor forma de fortalecer a Cassi é dando informações adequadas a todos e atuando com transparência.


Reuniões com o Conselho de Usuários da Cassi Alagoas


Reunião com as lideranças do Conselho de Usuários
da Cassi em Alagoas.

Nesta sexta-feira 29 tivemos pela manhã uma reunião com as lideranças do Conselho de Usuários da Cassi Alagoas. A reunião durou pouco mais de 3 horas e foi muito produtiva. O Conselho reúne representações das entidades sindicais e associativas e dos segmentos de associados.

Nós explicamos o planejamento da Diretoria de Saúde e Rede de Atendimento, falamos a respeito do trabalho que temos realizado pela Cassi e ouvimos atentamente as questões apontadas pelos conselheiros de usuários. Respondemos também às indagações deste importante fórum de participação social e voluntariado.


A CliniCassi Maceió apresenta boas perspectivas para ampliar
o atendimento aos associados. Nós já atendemos na unidade cerca de
32% de todas as consultas médicas ao longo do ano na Capital.

OLHAR DA GESTÃO DA SAÚDE E DA REDE PRÓPRIA: A Cassi e o Banco do Brasil estão em um país de dimensões continentais. Estamos estudando as áreas sob nossa responsabilidade como gestor eleito para pensar as melhores perspectivas de bom atendimento aos associados conjugando essa dimensão com a questão da eficiência no uso dos recursos materiais e humanos, de acordo com cada Unidade da Federação (UF).

Algumas das reivindicações que ouvi tanto dos gestores do BB, quanto do Conselho de Usuários e dos funcionários da Cassi são muito justas. A Cassi em Alagoas tem uma estrutura de trabalho muito boa. O imóvel é próprio e está no "padrão" Cassi. Das cerca de 75 mil consultas médicas realizadas pela população Cassi em Maceió, 32% são feitas em nossa unidade própria e não na rede prestadora. Isso é bom porque um dos problemas do setor saúde atual é o crescimento dos pedidos de exames e internações, muitas vezes desnecessários, e sendo atendido na Cassi o participante é melhor acolhido, se for cadastrado na ESF a Cassi já tem seu histórico de saúde e ele realiza os exames realmente necessários.

E todos os segmentos - gestores do banco, lideranças representativas e funcionários da Cassi - avaliam que temos possibilidade de atender um volume maior de associados em nossa unidade Alagoas. Mas estamos na capacidade máxima de atendimento com a equipe atual. Vamos analisar a viabilidade de atender à demanda local em ter mais um profissional de saúde porque isso pode gerar melhor uso dos recursos dos associados e da Cassi.


Reunião de gestão com os funcionários da Cassi em Alagoas


Reunião com os funcionários da Cassi em Alagoas. Eles são
um dos maiores patrimônios de nós associados.

Nós fechamos a agenda de trabalho no Estado fazendo uma reunião muito rica com os funcionários da nossa querida Caixa de Assistência.

Vou confessar uma coisa: essa parte de nossa agenda de gestão nos Estados, conversar com os funcionários da Cassi, tem sido de grande relevância para mim. Eu inicio sempre agradecendo com sinceridade à dedicação e o amor com que os funcionários dedicam suas vidas à Cassi e aos funcionários e familiares da comunidade Banco do Brasil. Esses trabalhadores são o maior patrimônio da Cassi e nosso, como associados.

Nós explicamos diversas questões atuais da Cassi, falamos a respeito do que defendemos e estamos debatendo na direção sobre o funcionalismo e ouvimos demandas sobre condições de trabalho e nos comprometemos a avaliar o que é possível ser feito, mas sempre lembrando do momento por que passa a Cassi, onde Banco e associados discutem a sustentabilidade.

Ver e ouvir nossas equipes e o papel da Cassi nos Estados em relação ao cuidado com os nossos milhares de associados, nos dá uma energia imensa para continuar o nosso trabalho. Seguimos firmes.

Agora vamos dormir porque eu cheguei agora de manhã a Brasília e é hora de descansar.

William Mendes
Diretor de Saúde e Rede de Atendimento (eleito)

Nenhum comentário: