Páginas

20.4.16

Antecipação dos recursos negociada em mesa reforça caixa da Cassi


(matéria do site da Contraf)


O Banco do Brasil informou, nesta terça-feira (19), que a antecipação do 13º de novembro, negociada entre a Contraf-CUT e o BB foi aprovada nas instâncias internas do Banco e será feito o crédito para a Cassi em até cinco dias.

A antecipação do 13º foi uma proposta apresentada ao Banco pelos representantes dos funcionários e depois de debates em mesa de negociação foi votada no âmbito da Cassi e seguiu para aprovação pelo Banco.

Esta é uma das medidas em discussão dentro da Cassi para reforçar o caixa da entidade e faz parte de um esforço entre todos os envolvidos até que se tenha uma proposta de sustentabilidade de longo prazo, que deverá ser amplamente debatida entre funcionários da ativa e aposentados.

Para Wagner Nascimento, coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do BB e da Mesa de Negociação da Cassi, com o reforço de caixa da antecipação do 13º de novembro, podemos ter recursos para garantir que não haverá prestador sem pagamento e garante o atendimento aos associados. “Continuaremos nossos esforços para encontrar a melhor solução para a manter a Cassi saudável e perene.”

Fonte: Contraf-CUT



COMENTÁRIO DO BLOG:

Contraf-CUT e Contec informaram aos associados nesta semana que BB atendeu ao pedido de antecipação de contribuições sobre o 13º salário conforme a mesa negocial havia pedido e a governança da Cassi encaminhou o debate internamente.

2 comentários:

Herminio Sobrinho disse...

Se os recursos disponíveis na reserva especial livre já se esgotaram, o que poderá significar estes 69 milhões? Até quando este aporte que teremos que pagar, é suficiente para arcar com as despesas? Qual a disponibilidade real da reserva? Precisamos de transparência nos números para podermos discutir e buscar alternativas, não achas caro William?
Fico no aguardo das respostas.
Abraço,
Hermínio Sobrinho
Natal RN

William Mendes disse...

Caro e prezado Hermínio, se tem uma característica que eu ousaria afirmar com tranquilidade é sobre a atuação com transparência por parte da atual direção da Cassi, pelo menos a parte eleita, da qual eu faço parte.

A antecipação de contribuição solicitada pelas entidades sindicais e associativas ao patrocinador Banco do Brasil é importante para que as partes negociadoras tenham um tempo determinado para retomar as negociações e construir alguma proposta mais consensual para o equilíbrio do Plano de Associados.

Como diretor eleito e gestor da Cassi continuo na expectativa de solução negociada entre o Banco do Brasil e o Corpo Social. É importante lembrar que se há mesa de negociação instalada para o tema Cassi é porque nós procuramos as entidades sindicais assim que o patrocinador BB quis mexer nos direitos dos associados da Caixa de Assistência.

Um forte abraço Herminio a você e aos nossos associados potiguares.

William Mendes