Páginas

30.3.16

Opinião e depoimento - cada vida vale a pena




Cada vida salva, cada pessoa que conquistamos para o bem, para a saúde, faz valer a pena o nosso trabalho na Cassi


Vencemos mais um dia de trabalho na nossa Caixa de Assistência. Saí da Cassi por volta das 18:30h, após os debates, tensões, acordos e decisões do Conselho Deliberativo.

O instante é de cansaço. Vamos repor um pouco da energia para seguir amanhã o nosso trabalho como gestor de saúde eleito pelos associados da Cassi.

Ser um representante eleito requer muita obstinação, firmeza nos princípios, flexibilidade nas táticas, ter muito foco naquilo que defende e que representa.

A todo instante, aparecem situações que nos deixam completamente frustrados, e no instante seguinte, nossa postura deve ser a de achar energia e motivos para seguir com a missão que lhe foi confiada.

Quando vemos na área que atuamos (saúde) notícias como aquela do Rio Grande do Sul onde uma "profissional de saúde", uma pediatra, se negou a atender e ter como paciente um garotinho de 1 ano de idade porque sua mamãe é uma petista, e para piorar vemos o sindicato dos médicos local apoiar a atitude dela, nos bate uma tristeza e melancolia terrível. (fizeram com meu filho ameaça semelhante na rede credenciada em Osasco em 2014)

Até onde vai a onda fascista plantada no Brasil pelas famílias golpistas donas dos meios de comunicação (P.I.G.), os partidos de oposição ao PT que não aceitaram os resultados da urna em 2014 e preferem destruir a democracia brasileira que tentar novamente as eleições em 2018? 

Como pessoas da área da saúde podem se deixar levar pelo fascismo?


MAS TUDO VALE A PENA, QUANDO O FOCO É A VIDA E A SAÚDE

POR OUTRO LADO, quando uma criança de seis anos cuidada junto ao papai e mamãe pela Estratégia Saúde da Família (ESF) de nossa Caixa de Assistência tem o câncer descoberto bem no início e começa a ser tratada com perspectivas de vitória para a vida e a saúde, nos dá uma energia para seguir lutando tão grande, nos enche os olhos de lágrimas e nos arrepia de emoção por dar sentido ao que fazemos.

Como Diretor de Saúde, eu pedi tanto em 2014 como em 2015 aos nossos profissionais das Unidades Cassi nos Estados que envidassem esforços para conseguir cadastrar o máximo possível de associados da Cassi na ESF, e mesmo com toda a crise no setor de saúde, que dificulta ter rede credenciada e algumas especialidades, e mesmo com a dificuldade do orçamento contingenciado, nossos queridos profissionais da Cassi conseguiram incluir depois que chegamos à gestão da área de saúde cerca de 20 mil participantes na ESF.

As dificuldades são grandes porque eu preciso de recursos para investir no Modelo de Atenção Integral à Saúde, baseado na atenção primária e Estratégia Saúde da Família. Mas cada depoimento que ouço nas bases sociais que visitamos constantemente, por email ou que as lideranças nos contam de pessoas que mudaram seu roteiro de saúde após terem a oportunidade de estarem assistidas pelo nosso modelo assistencial, digo a vocês associados e leitores:

Vale a pena o sacrifício, o cansaço e a insistência em brigar todo dia, toda hora, brigar até com o mundo hegemônico do foco na doença (que dá lucro para os prestadores de serviços de saúde) e não na promoção da saúde. 

Vale a pena até ser ofendido por alguém de forma gratuita ou que nos tem "ódio" sem sequer nos conhecer.

Vale a pena ler bobagens que escrevem por aí depondo contra a nossa entidade Cassi, contra o nosso trabalho de gestor eleito ou em redes sociais, por desinformação muitas vezes ou por má fé, algumas vezes.

Amanhã temos mais um dia de luta pela Cassi e pela defesa de nosso modelo de Atenção Integral à Saúde.

Abraços e até amanhã a tod@s vocês meus pares da classe trabalhadora!

William Mendes
Diretor de Saúde e Rede de Atendimento (eleito)

Nenhum comentário: