Páginas

8.5.15

Boletim nº 11 - Eleitos da Cassi rebatem avaliação do BB e defendem modelo de saúde



Os dirigentes eleitos da Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil divulgaram nesta sexta-feira 8 a edição número 11 do Boletim Prestando Contas Cassi, na qual rebatem a avaliação que o BB faz em sua comunicação interna sobre a sustentabilidade do Plano de Associados e defendem a Estratégia Saúde da Família (ESF) e a organização dos serviços próprios (CliniCassi).

A Contraf-CUT iniciará nesta terça-feira 12 as negociações sobre a sustentabilidade da Cassi com o Banco do Brasil.

"A ESF e as CliniCassi são pilares do Sistema de Serviços de Saúde da Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil, assim como o modelo mutualista de custeio solidário - por isso o nome 'caixa'. Compreender o que está em jogo para os participantes da ativa, aposentados e seus dependentes é de fundamental importância para a busca de soluções para a sustentabilidade, sem a perda de direitos em saúde conquistados ao longo da história do funcionalismo", afirmam os dirigentes eleitos no boletim. 

O Banco do Brasil afirma no site exclusivo sobre a Cassi que criou na sua intranet que o modelo deve ser revisto por não ter atingido os resultados esperados. Os eleitos rebatem: "Não é o caso de procurar culpados pela implantação limitada do modelo nesses 19 anos de gestão compartilhada, mas como o próprio banco disse em seu boletim (18/4/15), todas as decisões de governança da Cassi passam pela aprovação de eleitos e indicados. Então, é necessário partilhar insucessos e focar no futuro do modelo, como está proposto pelos eleitos através das iniciativas estratégicas que propõem aperfeiçoar os mecanismos de regulação, a gestão da rede de prestadores e o acesso qualificado através do Sistema Integrado de Saúde (ESF/CliniCassi) para o conjunto dos associados". 

Divulgação do boletim

O Boletim Prestando Contas Cassi está disponível aqui ou em PDF na seção Publicações do site www.contrafcut.org.br. para que os sindicatos possam imprimir e distribuir nas suas bases. 

Os eleitos da Cassi solicitam às entidades sindicais e representativas do funcionalismo do BB que divulguem o Boletim em seus portais na internet e em suas bases de representação.


Fonte: Contraf-CUT

Nenhum comentário: