Páginas

29.12.14

Nossa gestão na Cassi vai concluindo o ano de 2014



Temos um filho lindo e família e 
pessoas que respeitam a gente...
por isso é que temos que ter a prática 

como critério da verdade em nossa vida.

Olá companheir@s, amig@s e colegas do Banco do Brasil,


O ano civil de 2014 vai chegando ao fim...

Essa divisão arbitrária do tempo criada por nós humanos é uma coisa interessante. Marcar e demarcar o tempo nos ajuda a ter referências, a comparar, reavaliar, estabelecer objetivos e prazos ou perspectivas em alcançá-los.

Eu já refleti bastante sobre o ano que termina e não me sentiria à vontade para partilhar das ondas de impropérios contra o ano de 2014. Os anos têm coisas boas e ruins, tanto do ponto de vista dos indivíduos quanto das questões coletivas.

Eu posso dizer que estou vivendo algo parecido com o nome daquela música do Titãs - "A melhor banda de todos os tempos da última semana"...

Eu posso dizer que estou vivendo "o maior desafio de minha vida de todos os tempos dos últimos anos" (rsrs).

O ano teve tristeza, alegrias, decepções, mortes, traições e raivas, mas solidariedade, esperanças e energia e gana que não cessaram...


CONVERSA COM OS FUNCIONÁRIOS DAS CLINICASSI NORTE E SUL NO DF

Hoje tive a felicidade de bater um papo com os nossos queridos e dedicados funcionários da Unidade Cassi DF e das CliniCassi Norte e Sul aqui de Brasília.

Aos poucos, vamos conhecendo as pessoas que dedicam suas vidas para cuidar de nossos associados da Cassi. Agradecemos a tod@s pela dedicação e profissionalismo para engrandecer esta que é uma grande conquista do funcionalismo do BB ao longo de sua história de lutas.

Eu espero ter saúde e energia em 2015 para enfrentar e superar TODAS as dificuldades comuns de quem quer atuar na área da saúde dos trabalhadores.

Convidamos a todas e todos que militam na área de saúde a nos unirmos para fortalecer a Cassi e as causas dos trabalhadores no ano de 2015. Estou à disposição com toda a minha energia e boa vontade para essa luta, com firmeza e humildade para construir parcerias.

Nós acreditamos na participação social e nas instituições coletivas e solidárias.

William Mendes
Diretor de Saúde e Rede de Atendimento


Post Scriptum (16/7/16)

Postagem que fiz na rede social facebook neste dia 29/12/14:


FORMAÇÃO POLÍTICA E O QUE ESTÁ EM JOGO EM NOSSO QUERIDO BRASIL

Olá meus caros e caras, faz tempo que não replico questões de política partidária porque minha vida, sinceramente, tem sido canalizada 24h por dia para tentar cumprir nossos objetivos de mandato dos trabalhadores na Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil.

Mas é evidente que não perdi o interesse e meu lado na disputa de classes e de rumo na disputa de hegemonia em nosso país. Recomendo o texto de Eduardo Guimarães (ler aqui) para aquel@s que apreciam boas sínteses sobre os acontecimentos na disputa brasileira entre a esquerda e a direita, entre os projetos com foco nos trabalhadores (PT) X projetos focados em minorias elitistas (PSDB, MÍDIA e asseclas), que querem a volta dos grandes exércitos de reserva de mão de obra para exploração sub-escrava.

Boa leitura aos progressistas resistentes e formadores de opinião. Abraços e compartilhem se acharem que não devem ficar alheios ao que está acontecendo.

24.12.14

Agenda de luta e gestão na Caixa de Assistência




Olá companheir@s, amig@s e colegas do Banco do Brasil,

Nos últimos dias, tivemos uma agenda não menos intensa que a usual.

Fechamos a véspera do Natal com uma reunião de Diretoria Executiva que durou o dia todo, até umas 18:30h.

Após a reunião, estive na TV Bancários, do Sindicato dos Bancários de Brasília, onde participamos do programa deste dia 23/12/14, que abordou a nossa Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil. 


Veja o programa AQUI.

Agradeço ao companheiro Eduardo Araújo, presidente do Sindicato, pelo convite e pela oportunidade dada de falarmos com os bancários sobre a Cassi, nossos projetos, as grandes questões atuais dos sistemas de saúde e a crise mundial no setor e a necessidade de aprofundar a Cultura do Pertencimento e a participação social para lutar pela manutenção dos nossos direitos em saúde e a perenidade de nossa entidade, uma das maiores conquistas do funcionalismo e da comunidade do Banco do Brasil.

Desejo a todos e todas boas reflexões nesta data e que tenhamos os nossos corações abertos à solidariedade e unidade de luta enquanto classe trabalhadora. Nós bancários vendemos a nossa força de trabalho e, ao longo de dezenas de anos de luta, construímos direitos de classe e não podemos vacilar um segundo na luta de classes, temos que lutar pela manutenção e ampliação de nossos direitos.

Continuo à disposição da luta como representante dos trabalhadores e gestor de uma entidade de saúde também dos trabalhadores.

Bom Natal,

William Mendes
Diretor de Saúde e Rede de Atendimento da Cassi



Post Scriptum (16/7/16)

Neste dia 24/12/14 coloquei em meu perfil da rede social facebook o comentário abaixo e o link de texto do Blog da Cidadania.


REFLEXÃO NATALINA...

Não tive muito tempo livre recentemente para ler sequer blogs que gosto como o Blog da Cidadania, do Eduardo Guimarães (ler aqui).

Vou deixar aqui no meu perfil a postagem dele, porque me contempla em sua mensagem natalina.

Eu não tenho religião, mas é verdade o que ele diz ali. As pessoas têm religião e pregam o ódio, a intolerância, a eliminação do outro. São pessoas preconceituosas, xenófobas e falam dos "erros" ou "pecados" dos outros e são umas "santas"...

O zilhão de pessoas que nos rodeiam vivem falando de Deus, graças a Deus, Deus queira, vai com Deus, venha com Deus, pelo amor de Deus, e... odeiam uns aos outros, querem puxar o tapete do outro, o dinheiro e o poder é tudo o que importa.

Eu vivo enojado de tudo isso. Mas convivo com tudo isso porque somos seres sociais e vivemos no espaço social... mas eu queria mais sinceridade, mais calor humano de verdade... menos abraços falsos, menos gente querendo te foder só por foder mesmo...

Enfim... já falei demais. O texto abaixo é muito melhor.

Ler AQUI.

Boas reflexões a tod@s aproveitando a data ocidental que fala do nascimento de um cara que pregou os princípios do humanismo e da esquerda...

Enquanto isso, os caras de esquerda, direita, centro, conservadores, liberais, religiosos e não religiosos falam um monte... e fazem o contrário.

Beijos aos que não ficarem com raiva dessas verdades.

William Mendes

17.12.14

Contraf-CUT reúne eleitos da Cassi e orienta dia de luta no BB nesta quinta 18


A Contraf-CUT, assessorada pela Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil, se reuniu nesta quarta-feira, dia 17, em Brasília, com os dirigentes eleitos da Cassi para discutir os problemas da Caixa de Assistência.

Nos últimos dias tem circulado notícias de que o BB apresentaria proposta de mudança no custeio da Cassi com aumento de contribuição somente para os funcionários.

Os diretores e conselheiros eleitos informaram para a Contraf-CUT, federações e sindicatos que não há nenhuma decisão formal tomada e a proposta orçamentária será discutida no Conselho Deliberativo ainda neste mês de dezembro. 

Houve preocupação com as notícias publicadas, uma vez que qualquer mudança no modelo de custeio, obrigatoriamente, deverá ser levada para consulta ao corpo social. Foram esclarecidas dúvidas sobre os números atuais da Cassi, bem como explicações sobre o Modelo de Atenção Integral e as formas de comunicação entre Cassi, sindicatos e funcionários do BB.

Durante a reunião, foi discutida a publicação de um boletim O Espelho - Especial Cassi para distribuição e debate com os funcionários do BB nos locais de trabalho, durante o dia nacional de luta pela Cassi, a ser realizada nesta quinta-feira, dia 18.

- Clique aqui para ler O Espelho - Especial Cassi.

A Contraf-CUT enviou ofício ao Banco do Brasil, solicitando reunião sobre os assuntos da Cassi e também publicou matéria sobre as notícias envolvendo a Cassi.

Para Wagner Nascimento, coordenador da Comissão de Empresa, a reunião foi bastante produtiva e serviu para esclarecimentos e também para mobilizar as bases das entidades para os debates futuros sobre a saúde dos funcionários do BB. "É importante que todos os sindicatos façam a distribuição do boletim O Espelho e o debate com os trabalhadores", enfatiza.


Fonte: Contraf-CUT




Post Scriptum (15/7/16):


No dia da postagem, fiz o seguinte comentário na rede social facebook, que uso para divulgar as matérias do blog:

"CASSI - DIA NACIONAL DE LUTA E DISTRIBUIÇÃO DE BOLETIM O ESPELHO ESPECIAL CASSI

Olá companheir@s e colegas do Banco do Brasil, nesta quinta-feira os sindicatos e lideranças farão distribuição do boletim especial falando sobre a Cassi. Peço que tod@s se envolvam e compartilhem e conversem com os associados da nossa Caixa de Assistência.

Vocês que nos acompanham têm visto o esforço que estamos fazendo nesses meses de mandato para aumentar a participação social porque acreditamos nisso e a mobilização e luta organizada é sempre o melhor caminho para fortalecer as nossas entidades como a Cassi e aumentar e manter direitos. Abraços e bom dia de debate nesta quinta 18.

William Mendes
Diretor Eleito de Saúde da Cassi"

15.12.14

Cassi - Semana teve agenda de contato com os associados



William Mendes e Mário Jorge, da Cassi SP, em reunião
com bancários em Jundiaí SP em 11/12/14.

Olá companheir@s, amig@s e colegas do Banco do Brasil,


REUNIÃO COM BANCÁRIOS EM AGÊNCIA

Na semana passada, fechei a agenda de contato com a base social da Cassi neste primeiro semestre de mandato da maneira que tradicionalmente faço: fiz reunião na sexta 12 com os colegas de minha agência de origem - Vila Iara/Osasco - para prestar contas de meu mandato na Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil.

Abordamos os principais objetivos do mandato para o fortalecimento da Cassi e do foco na saúde dos trabalhadores e seus familiares; falamos dos problemas atuais do setor de saúde tanto dos planos de autogestão como para o mercado em geral e abordamos também as propostas que estamos construindo para alcançar maior sustentabilidade e perenidade da Caixa de Assistência: 

- fortalecer o modelo de Atenção Integral à Saúde, a Estratégia Saúde da Família (ESF) e fortalecer a Cultura de Pertencimento ao conjunto dos participantes para que a relação entre os trabalhadores e a sua Caixa de Assistência seja a melhor possível.


REUNIÃO COM OS BANCÁRIOS EM JUNDIAÍ SP


Associados debatem Cassi no Sindicato dos
Bancários de Jundiaí SP.
Na quinta-feira 11, também estivemos em reunião com os associados da ativa e aposentados no Sindicato dos Bancários de Jundiaí. Agradeço a participação de nossa equipe da Unidade Cassi, Mário Jorge e Júnior.

Também agradeço a oportunidade e o convite feito pelos companheiros do Sindicato, nas figuras de Sílvio e Álvaro. A Cassi e os eleitos continuam à disposição para aprofundar a parceria entre a Caixa de Assistência e o conjunto das entidades representativas do funcionalismo.

Ao longo de toda a semana passada, tivemos reuniões tanto internas quanto externas buscando soluções para as questões de nossa Cassi.


SEMANA DE 15 A 19 TERÁ REUNIÕES DE GOVERNANÇA E TAMBÉM VISITA À COMISSÃO DE EMPRESA DA CONTRAF-CUT

Nesta semana que começa também teremos muitas, muitas reuniões porque esta é a semana de reuniões de governança na Cassi - Diretoria, Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal. Teremos uma longa semana de dezenas de horas de trabalho.

Também temos reunião com o Comissão de Empresa dos Funcionários do BB, órgão assessor da Contraf-CUT, Federações e Sindicatos na relação com os bancos e, no nosso caso, com o Banco do Brasil. Os eleitos serão ouvidos sobre as questões da Cassi na quarta-feira 17 em Brasília.

É isso, seguimos na luta e Prestando Contas de nosso mandato!

William Mendes
Diretor eleito de Saúde

9.12.14

Para Contraf-CUT, funcionários não podem pagar sozinhos conta da Cassi



A Contraf-CUT protocolou na quarta-feira 3, junto à direção do Banco do Brasil, ofício solicitando reunião para que a empresa se posicione oficialmente sobre aumento de custeio na Cassi. 

A reivindicação foi apresentada a pedido dos sindicatos, que têm recebido correspondências de funcionários alertando sobre boatos divulgados esta semana em redes sociais, denunciando que o banco pretende aumentar a contribuição dos funcionários no Plano de Associados, sem reflexo na parte patronal, além de elevar a coparticipação em exames e restringir programas de saúde mantidos pela Caixa de Assistência, dentre outras medidas que não foram apresentadas ao movimento sindical até o momento.

Veja também novo boletim dos dirigentes eleitos da Cassi sobre VII Encontro dos Conselhos de Usuários.

A representação dos trabalhadores é contra qualquer tentativa do banco de aumentar as contribuições dos trabalhadores sem nenhuma negociação com os funcionários e aguarda rápida resposta do Banco do Brasil.

Alterações no custeio exigem aprovação dos funcionários e mudança no estatuto da Cassi.

"Os sindicatos não aceitam imposição de medidas que onerem os trabalhadores e querem discutir seriamente com o banco o futuro da Cassi e o que há de concreto nos boatos. O banco é responsável junto com os funcionários por garantir atendimento aos associados e manter o equilíbrio da entidade. Qualquer alteração no custeio da Cassi exige mudança do estatuto, que também prevê que as decisões devem ser compartilhadas entre banco e trabalhadores e não podem ser tomadas unilateralmente", afirma Wagner Nascimento, Coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do BB. 

Fonte: Contraf-CUT


--------------------------------

Post Scriptum:

Divulguei a postagem no Facebook com a seguinte mensagem:


"CONTRAF-CUT E ENTIDADES SINDICAIS REIVINDICAM REUNIÃO COM BB SOBRE A CASSI

Envolvimento dos sindicatos de trabalhadores e das entidades representativas são fundamentais para fortalecer e proteger a Caixa de Assistência e esta unidade é o que estamos construindo desde que chegamos à direção em junho de 2014. Todos e todas devem ficar atentos e mobilizados porque sem luta social não há direitos e não há avanços. Isso é básico na história da luta de classes. Bom dia trabalhadores!

William"


Post Scriptum II:

No dia 12, depois desta postagem, anotei na conta do Facebook, comentário sobre atuação dos dirigentes paranaenses em fortalecer a participação social através dos Agentes Facilitadores, que ajudam a cadastrar e manter rede credenciada à Cassi. Estive ao lado deles neste projeto:


"AGENTES FACILITADORES (VOLUNTARIADO) TEM TUDO A VER COM O CONCEITO DE PERTENCIMENTO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL QUE ESTAMOS ESTIMULANDO NA CAIXA DE ASSISTÊNCIA DOS FUNCIONÁRIOS DO BB

Parabéns a vocês companheir@s paranaenses por levarem adiante desafio tão nobre. Aos poucos, vamos fazendo o trabalho contínuo de estímulo à participação social pelo bem de nossa Caixa de Assistência. Obrigado e estamos juntos neste projeto que defendemos porque acreditamos nele.

Cheguei há pouco (23h) de mais uma participação em debate com lideranças sindicais e associados da Cassi.

Estou cansado mas de coração leve porque neste semestre pude levar nossas ideias e defesa de projetos da Caixa de Assistência para cerca de 3 mil pessoas percorrendo milhares e milhares de quilômetros neste nosso querido Brasil. Abraços e sigamos firmes defendendo a Cassi porque acreditamos naquilo em que estamos empenhados.


William"

8.12.14

Agenda Cassi – Semana teve debate na AFABB SP e Conferência em Cuiabá MT



Belo quadro em homenagem aos bancários e às entidades sindicais.
Foi presente de um colega bancário ao Sindicato de Mato Grosso.
Eu não consegui ler o nome do artista para reproduzir aqui.

Escrever é uma forma de resistência...


Olá companheir@s, amig@s e colegas do Banco do Brasil


Estamos em dezembro e a agenda de luta pelas questões de saúde e pelo fortalecimento de nossa Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil segue intensa.

Mesa com Cláudio Gerstner, Mário Jorge e Rubens Costa.

DEBATE NA AFABB SP

Na sexta-feira 5 estivemos na AFABB SP atendendo ao convite dos companheiros de lá para realizar palestra e debate sobre a Cassi abordando nossos projetos para a gestão, reforçando a Cultura de Pertencimento que estamos defendendo, falando também a respeito da questão de custeio e sustentabilidade dos planos da nossa entidade etc.

A participação dos associados da AFABB SP foi muito boa e eu agradeço muito o convite e a oportunidade de rever amigos e debater com os colegas de minha base de origem – São Paulo, Osasco e região. Eu represento os bancários paulistas do BB já faz 13 anos e respeito muito minhas origens. Na oportunidade, aproveitei para distribuir o 6º Boletim Prestando Contas Cassi, que aborda neste mês o VII Encontro dos Conselhos de Usuários da Cassi.

Esteve comigo o companheiro Cláudio Gerstner, Conselheiro Fiscal eleito da Cassi. Não puderam participar a companheira Carminha, Conselheira Fiscal eleita e o companheiro Ramon, Conselheiro Deliberativo eleito.

Aliás, eu peço desculpas publicamente ao meu amigo Ramon, porque ele me pediu que justificasse sua ausência por questões de saúde e eu me esqueci de avisar ao plenário. Tudo bem que eu estava cansado por ter emendado de quinta para sexta viajando a madrugada toda, mas não poderia ter esquecido. Perdão companheiro Ramon.


VII CONFERÊNCIA DE SAÚDE DO MATO GROSSO

Na quinta-feira 4 estivemos na VII Conferência Estadual de Saúde da Cassi em Cuiabá, Mato Grosso. O evento aconteceu no auditório da Superintendência do BB e contou com a participação dos bancários da ativa e aposentados, lideranças locais e funcionários da Cassi. Tivemos ainda palestra de nosso Gerente Executivo de Saúde, Henio Braga, e a posse dos novos conselheiros e conselheiras.

O encontro foi muito bom e agradeço a acolhida que tivemos de nossos funcionários da Cassi na figura de nosso gerente da unidade Jairo. Aliás, antes da Conferência, ainda pela manhã, fizemos reunião com os funcionários da Caixa de Assistência e mais uma vez pudemos comprovar o quanto aprendemos diariamente com a experiência de nossa equipe, seja na sede em Brasília, seja nas unidades por todo o nosso imenso País.


REUNIÃO COM O SINDICATO DOS BANCÁRIOS

Com os companheir@s do
Sindicato dos Bancários MT.
Ainda na Capital do Mato Grosso, tivemos a felicidade de visitar e fazer reunião com os nossos companheiros e companheiras do Sindicato dos Bancários.

O conceito de parceria que estamos construindo para fortalecer a Cultura de Pertencimento da Caixa de Assistência e o conjunto dos associados passa por uma relação de trabalho permanente entre a Cassi e as entidades representativas do funcionalismo do Banco do Brasil.

É por isso que estamos conclamando que as lideranças da ativa e aposentados e os Conselhos de Usuários ajudem a buscarmos um diálogo profícuo entre a Cassi e o conjunto dos participantes.

O fortalecimento da nossa entidade e a busca de sustentabilidade passa pelo cuidado mútuo da Caixa de Assistência – a Cassi cuida de seus associados e os associados cuidam da Cassi.


17º CONGRESSO DA UNIDAS NO RJ

Estivemos ainda no importante congresso da Unidas, entidade que congrega os planos de saúde de autogestão, atualmente presidida por nossa colega do BB, Denise Eloi, que tem feito um excelente trabalho à frente da entidade.

Infelizmente eu não pude acompanhar todos os debates porque tivemos vários contratempos. O mais triste deles foi o falecimento no domingo de nosso colega do BB e presidente da Cassi, David Salviano. Fomos ao velório na segunda-feira em Niterói. O congresso fez uma bonita homenagem ao David.


É isso, falei da semana que passou e já estamos hoje começando outra semana onde terei agenda cheia todos os dias, inclusive terei palestra e debate com participantes da Cassi e lideranças sindicais no Sindicato dos Bancários de Jundiaí.

A luta vale a pena porque os objetivos que estamos perseguindo são bons, queremos fortalecer a Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil, recuperar o espírito de Pertencimento e a participação social e encontrar a sustentabilidade dos planos sem permitir a quebra dos princípios que norteiam a nossa Cassi como, por exemplo, o modelo baseado na Solidariedade do Plano de Associados, e também a missão de nossa Cassi em atuar na promoção de saúde e prevenção de doenças através da Atenção Integral à Saúde para o conjunto de seus participantes e associados.


William Mendes
Diretor de Saúde e Rede de Atendimento da Cassi

5.12.14

6º Prestando Contas Cassi - Boletim aborda Encontro de Conselhos de Usuários


Conselheiros de Usuários da Cassi se reuniram
no hotel Mercure, em Brasília.

Os Diretores e Conselheiros eleitos da Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil divulgaram nesta sexta-feira 5 a edição número 6 do boletim Prestando Contas Cassi, para informar os resultados do VII Encontro Nacional dos Conselhos de Usuários, realizado em Brasília em 12 e 13 de novembro de 2014, e anunciar que o Conselho Deliberativo, a instância máxima na governança da entidade, vai discutir no próximo dia 19 de dezembro o orçamento para 2015.

Veja aqui a íntegra da publicação.

O tema do encontro dos Conselhos de Usuários deste ano foi "Caixa de Assistência: Fortalecer o Pertencimento em Busca da Sustentabilidade", com o principal objetivo de estimular nos conselheiros "o verdadeiro significado" da Cassi como entidade fundada pelos próprios funcionários do BB, além de tratar de questões voltadas à compreensão da aplicabilidade da participação social no contexto das políticas de saúde adotadas pela entidade. 

O encontro, do qual participaram dois representantes dos Conselhos de Usuários do DF e dos 25 Estados onde estão organizados, também discutiu demais temas de saúde visando à proposição de alternativas voltadas para a sustentabilidade da Caixa de Assistência. 

Mais uma vez, estiveram reunidos na capital, o Distrito Federal e os 25 Estados onde há Conselhos de Usuários instalados, representados por seus conselheiros e conselheiras. E, neste ano, com uma particularidade: a vinda de dois representantes de cada Estado, num total de 52 presentes. 

Promovido pela Diretoria de Saúde e Rede de Atendimento, contou com uma programação diversificada, que incluiu apresentações das diretorias dos eleitos, de experiências exitosas de voluntariado nas parcerias entre Conselhos de Usuários, Cassi e Banco do Brasil, trabalhos em grupo e espaço de debate democrático em plenário.

O Diretor eleito de Saúde e Rede de Atendimento, William Mendes, expôs os projetos que pretende implementar durante sua gestão. A Diretora eleita de Planos de Saúde e Relacionamento com Clientes, Miriam Fochi, explanou sobre as atividades de sua área, as mudanças ocorridas nos últimos dois anos, além de outros projetos que serão implementados. 

Os participantes também assistiram a uma palestra ministrada pelo Gerente Executivo de Saúde, Henio Braga Junior, com o tema do encontro. Outro momento de destaque foi a realização de trabalhos em grupos dos conselheiros, com sugestões para a construção de um plano de ação voltado à execução de atividades visando ao fortalecimento da participação social na Cassi. 

Orçamento da Caixa de Assistência para 2015

O boletim Prestando Contas Cassi também informa que o Conselho Deliberativo discutirá o orçamento da entidade para o próximo ano no dia 19 de dezembro.

"É importante que os participantes, entidades sindicais e associativas acompanhem os informes dos eleitos e o debate que vai acontecer a partir do dia 19, porque nestes momentos sempre há divergências entre as propostas das representações dos trabalhadores e as propostas do banco.


Os dirigentes eleitos da Cassi solicitam aos sindicatos e demais entidades representativas do funcionalismo que imprimam o boletim e distribuam em suas bases. 

Fonte: Contraf-CUT


-----------------------------

Post Scriptum:

Divulguei a postagem no Facebook com a seguinte mensagem:


"BOLETIM PRESTANDO CONTAS CASSI - Companheir@s e colegas lideranças do Banco do Brasil, por favor, imprimam e divulguem na ativa e aposentados o nosso 6º boletim para manter o conjunto dos participantes informados sobre as questões da Caixa de Assistência. Obrigado e abraços,

William Mendes
Diretor de Saúde da Cassi"

4.12.14

Agenda: Diretor Eleito de Saúde da Cassi - 6 meses fortalecendo a participação social e a transparência

Em Pré-Conferência de Saúde em Santa Maria, RS.

Olá companheir@s, amig@s e colegas do Banco do Brasil,


Eu e meus companheiros e companheiras da Chapa Todos pela Cassi completamos 6 meses de mandato na Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil. Juntos com nossos companheiros e companheiras eleitos em 2012 na Chapa Cuidando da Cassi, liderados por Mirian Fochi, tivemos um semestre de muito trabalho e de muita parceria, estudos, negociações e busca de diálogo com o corpo social, as entidades representativas e com o patrocinador também. Nós acreditamos muito na força da participação social e na sinceridade e transparência na representação.


Já é madrugada de quinta-feira, 4 de dezembro. Estou em Cuiabá, Mato Grosso. Vim para participar da VII Conferência de Saúde da Cassi e posse do Conselho de Usuários do Estado. Eu gosto de estar entre os trabalhadores e associados e fiz questão de ir a todas as conferências de saúde neste ano. Só não pude ir a do Tocantins por motivos de agenda, mas com essa Conferência completo 9 oportunidades de debate com a base social sobre a Cassi, questões de saúde e nossos projetos de fortalecimento da Cultura de Pertencimento à Caixa de Assistência.


9 ESTADOS VISITADOS EM CONFERÊNCIAS DE SAÚDE

Estive nesses seis meses em 9 das 10 Conferências nos Estados de Mato Grosso, Maranhão, Piauí, Rondônia (onde foi reinstalado o Conselho de Usuários), Goiás, Pará, Rio Grande do Sul (e também fui a uma pré-conferência em Santa Maria), Alagoas e Paraíba. Como disse, devo uma visita ao Tocantins.


13 CONSELHOS DE USUÁRIOS

Além do contato com os Conselheiros de Usuários das 9 Conferências de Saúde que pude participar, também aceitei convite e pude conversar com os Conselhos de São Paulo, Distrito Federal, Rio de Janeiro e Paraná.


DEBATE COM DELEGAD@S SINDICAIS E SINDICATOS

Tive a oportunidade de apresentar nossas visões sobre saúde do trabalhador e propostas para a nossa Caixa de Assistência e debater com as lideranças bancárias do Mato Grosso, Belo Horizonte e São Paulo, Osasco e região.

Tenho agendado ainda compromisso com os companheir@s de Jundiaí no dia 11 de dezembro.


ENTIDADES ASSOCIATIVAS DO FUNCIONALISMO BB

Também consegui conciliar a agenda, seja em férias, seja em meio a outros compromissos, e pude estar em debates com os associados da AAFBB no Rio de Janeiro, na ANABB em Brasília e estarei nesta sexta-feira 5 na AFABB SP.



CEBB E CONTRAF-CUT

Durante a Campanha Nacional dos Bancários, me coloquei à disposição para assessorar as lideranças sindicais no que fosse necessário, principalmente em relação às questões de Saúde do funcionalismo do BB e dos associados da Cassi.

Também já nos pronunciamos internamente na gestão da Cassi que somos favoráveis à inclusão na Caixa de Assistência dos bancários e bancárias oriundos de bancos incorporados, no eixo defendido nos congressos de trabalhadores como Cassi Para Todos.

ENCONTRO DOS CONSELHOS DE USUÁRIOS


Realizamos em novembro, o VII Encontro dos Conselhos de Usuários da Cassi e foram dois dias de debate democrático buscando soluções para os problemas da Caixa de Assistência, formas de fortalecer o voluntariado e a Cultura de Pertencimento dos associados.

FORTALECENDO A PARTICIPAÇÃO INTERNA NA CASSI

Neste semestre de gestão, também fizemos um esforço grande em realizar um encontro dos gerentes das Unidades Cassi de todos os Estados e DF em setembro. Foi um momento de conhecer melhor os problemas vividos pelos funcionários da Cassi no dia a dia de atendimento aos nossos participantes. Nosso quadro funcional é muito dedicado e agradeço profundamente a todas e todos.

Durante a revisita ao Planejamento Estratégico da Cassi, envolvemos os nossos gerentes executivos e demais funcionários das áreas dos eleitos.


COMUNICAÇÃO DOS ELEITOS

Nestes 6 meses de gestão na Cassi com mais parceria entre os eleitos, criamos o Boletim Prestando Contas Cassi. Nesta semana vai sair o número 6 e nosso objetivo com os boletins é que os sindicatos e entidades representativas distribuam tanto em papel quanto eletronicamente para informar e formar melhor nossos associados sobre as questões de saúde e da Caixa de Assistência.

Eu mesmo já consegui distribuir alguns milhares de boletins na base em 3 estados - SP, DF e RJ.

Mas o boletim só terá efeito de preparar o corpo social para mobilizações se a distribuição for feita em escala, para o conjunto dos associados das entidades representativas.


MODELO DE ATENÇÃO INTEGRAL COMO SISTEMA DE SERVIÇO DE SAÚDE

Nestes seis meses, apresentamos para o corpo social da Caixa de Assistência, neste périplo todo que descrevi acima, a nossa proposta de modelo de saúde para a Cassi. Ele é baseado nas melhores experiências mundiais de promoção de saúde e prevenção de doenças.

Nossa proposta é aprofundar o modelo de Atenção Integral à Saúde, através da Atenção Primária e da Estratégia Saúde da Família (ESF), implantando CliniCassi e equipes de família de acordo com a necessidade de cada base social e de acordo com mapas epidemiológicos e perfis da população atendida. Esse modelo é mais sustentável e lida com o perfil de adoecimento das populações do século XXI.

Ao mesmo tempo, ao longo de muitos anos, as gestões anteriores da Cassi perderam oportunidades importantes de estender para o conjunto dos participantes da Caixa de Assistência este modelo, em momentos que entraram receitas novas como o BET entre 2011 e 2013 e o aporte e receitas novas entre 2007 e 2010. Sem implantar as mudanças necessárias, o modelo de sistema de saúde fragmentado volta a apresentar desequilíbrio com o passar do tempo.


ORÇAMENTO DE 2015 DA CAIXA DE ASSISTÊNCIA

O Conselho Deliberativo da Cassi, a instância máxima na governança da entidade, vai discutir no próximo dia 19 de dezembro o orçamento da entidade para o ano de 2015.

Não foi feita nenhuma discussão no CD sobre Sustentabilidade e Custeio, nem foram apresentadas propostas naquele fórum na reunião do mês de novembro, como circulou boatos em algumas entidades associativas ou rede social nestes últimos dois dias.

Mas na reunião do orçamento do exercício de 2015 haverá debate entre representantes dos eleitos e representantes do Patrocinador Banco do Brasil. É assim que acontece todo ano.

É importante que os participantes, entidades sindicais e associativas acompanhem os informes dos eleitos e o debate que vai acontecer a partir do dia 19, porque nestes momentos sempre há divergências entre as propostas das representações dos trabalhadores e as propostas do Banco.

A Contraf-CUT enviou ao BB nesta quarta-feira 3 ofício pedindo ao banco reunião para buscar informações do próprio patrocinador sobre os boatos de propostas do Banco sobre a Cassi.

A cobrança da Contraf-CUT é importante porque os eleitos na gestão da Cassi têm regras de governança a seguir e devem respeitar normas, regulamentos, estatutos, regimentos internos etc.


Uma coisa eu tenho muita tranquilidade em afirmar: todo o nosso mandato será como foram esses 6 meses, ou seja, Prestando Contas, fortalecendo a Participação Social e defendendo a Cassi e o interesse do conjunto dos participantes da ativa e aposentados com toda a dedicação que nossa energia permite.


William Mendes
Diretor de Saúde e Rede de Atendimento

-------------------------------------
Post Scriptum: 

Nesses 6 meses, foi muito bom ter feito debates fraternos e com muito respeito nos momentos de divergência de opinião porque, nestas horas, os debatedores crescem. 

Algumas pessoas podem não gostar da forma como eu me visto, mas eu também nunca gostei da forma como algumas pessoas se vestem ou se comportam e nem por isso deixei de manter uma postura respeitosa. Já pensou que chato seria identificar alguém no meio daqueles uniformes dos homens de preto... cada um na sua, né!


Post Scriptum nº 2: 


Lamento profundamente o falecimento de David Salviano, nosso colega do BB e presidente da Cassi. É muito triste um colega dedicar uma vida inteira ao Banco e à Cassi e falecer no momento em que se prepara para viver outro ritmo na merecida aposentadoria. Eu tive um semestre de convivência muito saudável com o David. Tivemos grandes debates e ele era um estudioso na área da saúde. Meus sinceros sentimentos à família.