Páginas

8.9.10

(IN)SEGURANÇA NO BANCO DO BRASIL - Banco segue com projeto INSANO de expor a vida das pessoas

Bancários de Cuiabá são contra projeto do BB de retirada das portas giratórias


Um projeto piloto do Banco do Brasil que prevê a retirada das portas giratórias de todas as agências do país entrará em teste em Cuiabá. O Sindicato dos Bancários de Mato Grosso é contrário a tal decisão, uma vez que isso facilita a ação de bandidos e fragiliza os funcionários e clientes.



O Banco do Brasil ignora o fato de ser o banco com o maior índice de assaltos/tentativas em Mato Grosso. Exemplo disto ocorreu no ano passado. Entre os 20 roubos realizados em unidades bancárias do estado em 2009, nove foram no BB.


Na contramão da lógica e de uma política de responsabilidade social, o banco se recusa a investir em segurança e ainda reduz os itens que dificultariam a ação dos ladrões nas agências. O bancário e o cliente agora estarão mais suscetíveis a ação dos criminosos.


Um levantamento realizado pelo Seeb-MT mostra que neste ano 14 agências foram roubadas/tentativas, sendo que desse total quatro eram do BB.


"Se não bastasse a onda de assaltos que estamos passando, o Banco do Brasil simplesmente ignora a necessidade de intensificar a segurança em suas agências. Sabemos que a porta eletrônica não impede a ação de bandidos, mas com certeza ela dificulta. Com essa mudança, além dos ladrões de banco, os bancários e clientes estarão à mercê de qualquer um que poderá entrar armado sem ser percebido. É um absurdo que um banco sequer cogite tal possibilidade", argumenta o secretário de assuntos jurídicos do Seeb-MT e funcionário do BB, Alex Rodrigues.


O Sindicato de Mato Grosso é contra a retirada das portas giratórias das agências. O item segurança é um dos temas que estão sendo discutidos na Campanha Salarial 2010.


O movimento sindical tem cobrado dos bancos a instalação de mais itens de segurança em cada unidade. A vida do bancário e do cliente é muito mais importante que qualquer valor roubado, dinheiro este que é segurado.


A falta de itens de segurança nos bancos tem propiciado roubos em Mato Grosso. O mais recente ocorreu no dia 31 de agosto no município de Jangada, a 80 quilômetros de Cuiabá.


Sem nenhum item de segurança, inclusive a porta giratória, dois ladrões armados invadiram a unidade. Os dois agrediram funcionários e vigias, renderam clientes e roubaram o dinheiro da agência.


"Não aceitaremos que o Banco do Brasil exponha seus funcionários e clientes desta forma. Tomaremos as medidas necessárias para impedir esse abuso", esclarece Rodrigues.


Fonte: Seeb Mato Grosso

Nenhum comentário: