Páginas

23.9.10

Bancários protestam por segurança na Vila Sônia (SP)


Manifestação fechou agência das 10h às 13h30 e contou com o apoio e participação dos funcionários

São Paulo – O Sindicato realizou na quarta 15, uma manifestação por segurança bancária na agência do Banco do Brasil da Vila Sônia, zona sul. Os dirigentes paralisaram a agência das 10h às 13h30, para que fosse reforçada a segurança no local.


A ação, que contou com o apoio dos funcionários da agência, deu resultado e o BB adotou medidas para ampliar a proteção da agência. “A adesão dos funcionários foi fundamental para que o banco tomasse providências”, afirma o diretor da Fetec-CUT/SP, Getúlio Maciel.

Os dirigentes sindicais que protestaram na agência fizeram um debate com os trabalhadores sobre as questões de segurança e denunciaram os riscos que o novo layout das agências apresenta com a retirada das portas de segurança.

O diretor do Sindicato Paulo Rangel reforçou junto aos trabalhadores que o Sindicato irá acompanhar o processo para que as medidas tomadas pelo BB na agência Vila Sônia melhorem a segurança no local.

Campanha – A segurança bancária é um dos temas de negociação da Campanha Nacional Unificada 2010.

Entre as reivindicações da categoria está a instalação de portas giratórias antes do autoatendimento em todas as agências bancárias. A proposta do BB, portanto, caminha no sentido contrário às necessidades de bancários e da sociedade e é um retrocesso na conquista dos trabalhadores, já que prevê até mesmo a retirada das portas que dão acesso aos caixas.


Fonte: Seeb SP - Redação - 21/09/2010

Nenhum comentário: